Aprender a dizer ene-a-ó-til

Start by learning the power of “No!”—as in “No, thank you,” and “No, I’m not going to get caught up in that,” and “No, I just can’t right now.” It may hurt some feelings. It may turn people off. It may take some hard work.But the more you say no to the things that don’t matter, the more you can say yes to the things that do. This will let you live and enjoy your life—the life that you want.

The last training session of the year in two words

Consistency and Resilience.

Happy to be part of this great team always chasing excellence. At the beginning of December, I was honored to receive my Brown Belt from the legendary @MarioSperry.

Life is made of ups and downs and you have to learn how to deal with every moment. There is a lot to happen in 2022 on a personal level and also for my company @DOJO.PLUS

Let’s keep fighting 🤜🤛 OSS

#jiujitsu #bjj #oss #martialarts #startup #brazilianjiujitsu

https://www.instagram.com/p/CYIaxuXDyIU/?utm_medium=copy_link

De volta para a Moleskine

Há alguns anos atrás eu decidi ser mais paperless e não usar mais nenhum caderno de anotação físico. Sempre fui muito fã da Moleskine e nessa transição até tentei utilizar o aplicativo Flow que eles criaram. O aplicativo é bom mas precisa de alguns ajustes.

Como também não utilizo um monitor extra para trabalhar, este ano comecei a utilizar meu iPad como second screen, o que tem me ajudado muito mas ao mesmo tempo me deixou sem um bloco de anotações.

Dias atrás eu estava no Instagram e aprendi que conforme um estudo da Universidade de Tóquio, neurocientistas descobriram que a melhor forma de lembrar informações é escrevendo com papel e caneta, pois escrever a mão produz essa sensação tátil, que ajuda a gravar informações em nosso cérebro.

E além disso escreve no papel é 25% mais rápido do que qualquer outro tipo de dispositivo.